Publicado em 5/5/2017 11:51:15 AM

Comunidade planta árvores nativas para proteger nascentes do Rio Barigui

Equipes da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), da Administração Regional do Portão e moradores da Vila Nina se uniram para criar um bosque de preservação

Um bosque está sendo criado dentro da Vila Nina, no bairro Fazendinha, para preservar três nascentes da bacia do Rio Barigui localizadas em um terreno na Rua Irineu da Silva, ao lado da rotatória da Rua Carlos Klemtz. Equipes da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), da Administração Regional do Portão e moradores da Vila Nina se uniram nesta quinta-feira (04/05) em um mutirão para o plantio de 50 mudas de árvores nativas e arbustos que servirão para a preservação da área.

Foram plantadas jabuticabeiras, aroeiras, patas de vaca, hortênsias e azaleias em toda a extensão do terreno, que fica na entrada da vila construída pela Cohab em 2011 para reassentar 80 famílias da região.

O próximo passo será a construção de uma cerca para substituir o muro e a transformação do local, hoje usado como depósito de lixo e entulhos, em uma área de lazer e convivência dos moradores. A nova etapa contará com a participação de comerciante e empresários da região interessados em contribuir para a melhoria do entorno.

Segundo o administrador regional do Portão, Gerson Gunha, a ação integrada envolvendo comunidade local, poder público e iniciava privada atende a orientação do prefeito Rafael Greca. “Temos estado mais próximos das pessoas para ouví-las, retomar a qualidade dos serviços públicos, mas também para incentivá-los a participar do processo de construção e preservação da cidade”, disse Gunha.

O envolvimento da comunidade no bosque teve início com a limpeza e roçada do terreno feita por moradores voluntários. “Boa parte dos moradores compreende que preservar este espaço trará como retorno melhor qualidade de vida para todos”, diz a articuladora da Cohab na Regional Portão, Daniela Pizzato.

Disposição e desejo de criar uma área de lazer para os filhos brincar foi o que motivou a participação do pedreiro Gleino César Duarte, de 47 anos, e um dos primeiros moradores da Vila Nina a dedicar parte da manhã ao mutirão. “É nosso dever cuidar desse espaço, que é uma reserva natural no bairro. Os beneficiados serão as nossas próprias famílias”, disse Gleino.

O plantio das mudas foi orientado pela técnica ambiental dos projetos da Cohab, Iracema Bernardes Pereira, e o convite para a participação dos moradores feito pelo presidente da associação de moradores da Vila Nina, José Aparecido Prates, o Coquinho, como é conhecido na Vila. “A água é um bem precioso. É nosso dever preservar e transformar este espaço, que está sendo desprezado por alguns moradores, em área de preservação e convivência dos vizinhos”, disse José Aparecido.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera