Publicado em 8/30/2017 3:37:51 PM

Greca entrega escrituras e integra transporte com a Rua da Cidadania

Foram entregues 21 títulos de propriedades para moradores de nove áreas da Boa Vista.

A partir de agora, os passageiros do transporte coletivo contam com duas horas de integração temporal entre a estação-tubo Fernando de Noronha e a Rua da Cidadania do Boa Vista. Quem pagar a tarifa da linha Santa Cândida/Capão Raso com cartão-transporte poderá usufruir do tempo para acessar os serviços da Rua da Cidadania, do Armazém da Família, da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro e retornar à estação sem precisar pagar nova passagem.

O benefício foi lançado nesta sexta-feira (25/8), pelo prefeito Rafael Greca, em audiência pública com moradores na Administração Regional do Boa Vista. No mesmo evento foram entregues 21 títulos de propriedades para moradores de nove áreas da Boa Vista. São 12 Contratos de Compromisso de Compra e Venda (CCCV) e nove escrituras, contemplando moradores dos conjuntos habitacionais Jardim Pessegueiro, Vila Arlinda Maria, Vila Lupinski, Jardim Ancora, Vila Bairro Alto, C.R.M Santa Candida, Moradias Bracatinga e N.H Palmeiras.

O prefeito, que esteve acompanhado do vice-prefeito e secretário municipal de Obras Públicas, Eduardo Pimentel, ressaltou a importância da entrega dos documentos que garantem a segurança da moradia própria às famílias. “Que conservem como patrimônio familiar porque a terra urbana é muito cara em uma capital e deve ser legada como herança aos filhos e netos. Que fiquem as famílias moradoras desta regional”, disse Greca.

Com o auditório da Rua da Cidadania lotado, o prefeito anunciou que em setembro voltará na região, desta vez para entregar um primeiro lote de casas e sobrados construídos pela Cohab, do Moradias Maringá 1, no bairro Cachoeira. A construção das unidades foi retomada em março deste ano, depois de um ano de paralisação sofrida na gestão anterior. “Quem sabe faz e quem faz direito faz tudo no seu tempo e muito rapidamente, não deixa nada inacabado. Vamos entregar com alegria aquilo que lutamos para garantir a população”, disse.

Conquista  

O primeiro título de propriedade de imóvel foi entregue ao pintor Ney Edson Brischel, de 56 anos. Morador há 40 anos da Vila Lupinsk, no bairro Santa Cândida, ele contou como a família se organizou para conquistar o terreno onde construíram a casa. “Acabou o medo de vir alguém e tirar o que de direito é da gente. Já garanti o que deixar para o meu filho”, disse Ney.

Para o presidente da Cohab, José Lupion Neto, que participou da titulação, a entrega dos documentos tem importância equivalente à entrega de novas moradias. “É a última etapa do trabalho da Cohab em prol da população atendida nos projetos de urbanização. É o momento quando o cidadão finalmente se torna proprietário do seu grande sonho de ter a casa própria”, disse Lupion.

Com as escrituras os moradores têm a posse do imóvel, já por meio dos Contratos de Compromisso de Compra e Venda (CCCV), garantem que, ao quitar as prestações, receberão da Cohab a escritura definitiva.

Integração

Igualmente satisfeitos ficaram os moradores dos conjuntos habitacionais Aroeiras, Imbuias, Cedros, Aliança, todos na região. O benefício para eles foi o lançamento da integração temporal que representará economia no bolso. “Parece pouco economizar uma passagem, mas isso representa um litro a mais de leite ou óleo, é um valor que podemos investir nas compras no Armazém da Família, em produtos do sacolão ou outras necessidades”, disse Vanilda França, moradora do Jardim Aliança.

Outras 16 demandas apresentadas pelos moradores que vivem nos 13 bairros que formam a regional do Boa Vista foram recebidas e atendidas pelo prefeito, pela administradora regional do Boa Vista, Janaína Lopes Gehr, por secretários e demais integrantes da administração.

A revitalização da Rua Guilherme Buttler, próxima à Avenida Anita Garibaldi foi uma delas. Representantes da Associação Comunitária Amigos da Santa Efigênia, que solicitaram a revitalização, saíram felizes com a resposta. A obra, informou o prefeito, consta na relação das que serão executadas. “Ouvimos mais do que esperávamos, pois além da recuperação da rua que circunda o conjunto habitacional onde vivem mais de 14 mil famílias, saímos com o compromisso da revitalização do imóvel que sedia a Acafise, associação onde acontecem encontros para tratamento de alcoolismo”, disse Jussara Simão, presidente da associação.

Outra resposta positiva foi sobre a realização de um evento, em setembro de 2018, para festejar o jubileu do Conjunto Habitacional Santa Efigênia, o segundo mais antigo construído pela Cohab em Curitiba.

Para o presidente da Associação de Moradores do Jardim Primavera, no Pilarzinho, Eduardo Santos, as audiências realizadas pela prefeitura neste ano imprimiram uma nova forma de administração da cidade.

“A Prefeitura mudou totalmente e de fato está ouvindo e atendendo às necessidades da população interessada em contribuir”, disse Eduardo. Para ele, foi saber sobre a implantação de uma rotatória nas ruas Eugênio Flor, Nilo Peçanha e São Salvador que a audiência serviu.

A retomada das obras no conjunto Moradias Faxinal, no Santa Cândida, paralisadas na gestão anterior, foi outra solução apresentada na audiência. A solicitação foi feita pela presidente da Associação Comunitária das Mulheres do Bairro Alto, Niuza Oliveira Simei que comemorou ao saber que parte das unidades será reiniciada nos próximos 120 dias.

Acompanharam a audiência pública a secretaria municipal do Meio Ambiente, Mariza Dias, o secretário municipal de Abastecimento, Luiz Gusi, o secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Marcello Richa, e os vereadores Julieta Reis e Doutor Wolmir.

Ônibus

Também nesta sexta-feira, os moradores do Conjunto Habitacional Cedros, no Santa Cândida, celebraram a entrega de um novo ponto de ônibus em frente a suas casas. O ponto marca a extensão da linha de ônibus São Benedito por 400 metros, até o fim da Rua Alberto Otto.

“No começo do ano, fiz a primeira visita a essa região e os moradores apresentaram este pedido”, explicou o prefeito. “Agora viemos cumprir a promessa e trazer o ônibus alimentador.”  

Sebastião do Nascimento, morador do condomínio, foi quem organizou a vizinhança para apresentar a demanda à administração municipal. Após cinco meses, diz estar muito satisfeito com a forma como o processo correu. “Fui sempre muito bem atendido por todos, tanto na Prefeitura como na administração regional”, disse.

O atendimento da demanda foi articulado pela administração da Regional Boa Vista, com apoio do vereador Bruno Pessuti e teve início com um abaixo-assinado feito por moradores do bairro.

Almoço tradicional

O prefeito também visitou o restaurante Dona Natália, no Abranches. O restaurante pertence à família Schwonka, uma das mais tradicionais do bairro. Greca parabenizou o patriarca da família Tadeu Schwonka, que completa 80 anos no dia 28 de agosto.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera