Publicado em 11/7/2017 10:47:15 AM

Moradores atendidos pela Cohab optam por grafite para evitar pichações

“Esta ação mostra que uma comunidade participativa transforma a realidade a sua volta. É uma grande satisfação quando a população valoriza os espaços”, afirma o presidente da Cohab, José Lupion Neto.

Uma iniciativa de moradores do Residencial Parque Iguaçu, no Ganchinho, está mudando o cenário ao redor do empreendimento onde vivem 768 famílias oriundas da fila da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab). Cansados de conviver com as pichações na fachada do conjunto, os moradores decidiram procurar um artista local para grafitar os mais de 700 metros de muro.
 

“Esta ação mostra que uma comunidade unida e participativa pode transformar a realidade a sua volta. Morar em um ambiente bem cuidado aumenta a qualidade de vida da população. É uma grande satisfação para quem trabalha no poder público quando a população valoriza os espaços”, afirma o presidente da Cohab, José Lupion Neto.
 

Além de embelezar e dar uma característica própria ao conjunto, os grafites vão gerar uma boa economia a todos os moradores. A ideia partiu da síndica, Sandra Mara Nascimento. “Fizemos orçamento com uma empresa de pintura e somente para deixar tudo da mesma cor gastaríamos R$ 40 mil. A cada pichação haveria mais gastos com a manutenção da pintura. O grafite custou um quarto do valor e vai garantir a permanência dos desenhos, pois os pichadores respeitam a arte dos grafiteiros”, explica.
 

Levada para assembleia de condomínio, a ideia foi aprovada pelos moradores. “O trabalho de acompanhamento social que a Cohab faz nos conjuntos foi muito importante para a conscientização dos moradores do que é viver em comunidade”, diz a síndica.
 

Quatro jovens que vivem no conjunto estão auxiliando no trabalho. Eles passam uma camada de tinta que serve de base para o artista desenvolver os desenhos. Henrique Lopes, 22 anos, Alisson Vicente, 20, Bruno Ramos, 20 e Lincoln Luis, 33, estão orgulhosos do trabalho. “Muito bom fazer parte desta ação e ver o resultado como está ficando”, diz Henrique.
 

De acordo com Sandra Mara, o trabalho se tornou uma atração do bairro. “Todo dia alguém aparece para tirar fotografia, filmar. Muitas vezes quem está passando faz a volta e desce do carro para admirar a pintura”, destaca.

Painéis
O grafiteiro Claudinei Pereira, 29 anos, é conhecido na região como Ferge. A sua arte se tornou mais conhecida da população com o painel que ele grafitou na trincheira do Bairro Novo. “Fiquei muito feliz quando a Sandra me chamou para este desafio. É um reconhecimento deste trabalho que faço com muito amor. São oportunidades como esta que ajudam a derrubar o preconceito que ainda existe contra o grafite”, afirma.


Ferge ocupou os mais de 700 metros de muro com quatro painéis – a fachada homenageia os principais pontos turísticos, além de equipamentos marcantes de Curitiba, como as estações-tubo e Faróis do Saber. Uma das laterais retrata as belezas da Serra do Mar, enquanto a outra tem como tema o fundo do oceano. O muro que fica nos fundos do conjunto recebeu homenagens às principais cidades paranaenses.


“Escolhi os temas pela beleza estética, mas também pensando em ensinar algo. Principalmente aos mais jovens, que podem vir a conhecer um novo assunto através da minha arte”, destaca.

 








 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera