Publicado em 11/9/2017 11:53:42 AM

Inscritos comparecem à Cohab para aquisição de estúdios no Alto da XV

A Cohab convocou 1,2 mil inscritos solteiros ou com um dependente para oferta de unidades com apenas um dormitório.

Morar na casa da sogra é algo que pode estar com os dias contados para o vigilante Valdecir José dos Santos. Ele e a esposa Valdirene compareceram nesta quarta-feira (08/11) à sede da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) para conhecer as condições de financiamento de um estúdio de 25 m² no Alto da XV.

“Estamos empolgados. É um sonho antigo ter o nosso próprio canto. Gostamos muito do conjunto e das condições. Agora é entregar a documentação e esperar a aprovação do financiamento”, diz ele, esperançoso.

A Cohab convocou 1,2 mil inscritos solteiros ou com um dependente para oferta de unidades com apenas um dormitório. Os convocados estão participando de reuniões explicativas entre os dias 07 e 10 de novembro. Os interessados na oferta agendam a entrega da documentação necessária para aprovação do financiamento na Caixa Econômica.

“Em parceria com a iniciativa privada estamos ofertando esse produto direcionado a um segmento específico da fila de inscritos. Atender cada cidadão de acordo com suas necessidades é uma forma de agilizar o andamento da fila de pretendentes”, diz o presidente da Cohab, José Lupion Neto.

As unidades ofertadas fazem parte do empreendimento Easy Life, que está com as obras em fase inicial na região do Alto da XV. A Cohab assinou um contrato de parceria com a iniciativa privada e sua participação acontece na fase de comercialização das unidades, com a identificação da demanda, convocação das famílias, apoio no processo de contratação do financiamento e entrega das moradias.

Condições
O conjunto Easy Life vai contar com academia, lavanderia, bicicletário, espaço gourmet, escritório e garagem. Para os inscritos na fila da Cohab será garantido um desconto no valor de cada unidade, que serão comercializadas por R$ 155 mil.

O financiamento pode ser feito em até 30 anos e o contemplado tem a opção de utilizar o FGTS para dar de entrada ou mesmo para quitar o imóvel. A primeira parcela será cobrada somente após a entrega das chaves. As taxas de documentação e a entrada podem ser parceladas em até 18 vezes.

O casal Valdecir e Valdirene pretende utilizar o FGTS de ambos para abater da entrada. “Essa condição é muito boa, pois vai fazer as parcelas ficarem menores e assim não aperta o orçamento”, diz ela.

O número de convocados para as reuniões é maior do que o número de unidades ofertadas, pois parte dos interessados não consegue aprovar a documentação necessária e há também os inscritos que rejeitam a oferta.

Como os imóveis ficam em Curitiba, a Cohab vai aplicar a instrução normativa que cancela a inscrição dos convocados que recusarem a oferta. Uma nova inscrição é gerada e a contagem de tempo para uma nova chamada é zerada. Na prática, é como se o inscrito retornasse ao final da fila.

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera