Publicado em 6/19/2019 9:50:56 AM

Cohab promove encontro de mulheres únicas provedoras da Vila 29 de Outubro

Quando o serviço Social da Cohab mapeou a área em 2017 foi diagnosticado que 11% dos 1.693 domicílios eram chefiados por mulheres únicas provedoras. O objetivo do encontro é trazer as potencialidades de cada mulher chefe de família para a construção de um projeto participativo. Reunidas em grupo, elas poderão buscar soluções para problemas em comum que enfrentam em seus cotidianos.

 Mulheres únicas provedoras que moram na Vila 29 de Outubro, no Caximba, participaram de um encontro promovido pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) nesta terça-feira (18/6) no CRAS Caximba. Estiveram presentes 42 mulheres que são responsáveis pelo sustento da família ou então vivem sozinhas.

“A execução de trabalho social com mulheres únicas provedoras é uma orientação da Agência Francesa de Desenvolvimento para o projeto Bairro Novo da Caximba. Os projetos financiados por entidades internacionais trazem um compromisso de minimizar a desigualdade entre gêneros. Curitiba entende a importância desta questão, por isto já começamos a atuar neste sentido”, explica o presidente da Cohab José Lupion Neto.

Quando o serviço Social da Cohab mapeou a área em 2017 foi diagnosticado que 11% dos 1.693 domicílios eram chefiados por mulheres únicas provedoras. O objetivo do encontro é trazer as potencialidades de cada mulher chefe de família para a construção de um projeto participativo. Reunidas em grupo, elas poderão buscar soluções para problemas em comum que enfrentam em seus cotidianos.

Novas perspectivas
Na quarta-feira (19/6) acontece mais uma reunião com outro grupo de mulheres que comandam o lar. De acordo com a diretora de Relações Comunitárias da Cohab Rosemeiri Morezzi, este trabalho social busca maior igualdade entre os gêneros. “A desigualdade de gênero é uma injustiça que restringe o desenvolvimento econômico e social. Esta ação pretende combater o problema, para que possamos abrir novas perspectivas de vida para estas mulheres”, ressalta. 
 
A primeira atividade do encontro foi dividir as participantes em três grupos para uma dinâmica. Cada grupo ficou com 14 participantes e um tema: o que temos de bom na vila; o que não é bom e pode melhorar; e qual a vila que sonhamos.
 
Os grupos discutiram entre si por uma hora e ao final uma representante de cada grupo apresentou as considerações para os demais. A diarista Marta Rodrigues, 49 anos, destaca como problema a falta de iluminação, o que traz insegurança em especial para as mulheres.
 
“Não podemos só esperar que façam por nós. Temos que nos unir e ir atrás das melhorias que queremos para o bairro”, afirma.
 
A dona de casa Cleide Dias, 53 anos, ressalta a importância de conversar com toda a comunidade para que não joguem lixo nas cavas. “São atitudes que alguns tomam e acabam prejudicando todos os moradores”, diz.

Bairro Novo 
O projeto Bairro Novo da Caximba é uma intervenção socioambiental no extremo sul da cidade que prevê investimentos de R$ 250 milhões na relocação de famílias de áreas de risco, implantação de um dique para a contenção de cheias, reestruturação urbana e a construção de um parque linear.
 

 

« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera