Publicado em 11/7/2019 3:15:55 PM

Diretoria de Regularização Fundiária da Cohapar e Cohab abrem comunicação para agilizar processos

Órgãos responsáveis pela política habitacional no município e no Estado pretendem atuar em parceria para resolver situações que envovlem regularização fundiária

Uma reunião nesta quarta-feira (6/11) entre a diretoria da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) e a diretoria de Regularização Fundiária da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) marcou o início de um esforço conjunto entre os órgãos municipal e estadual para resolver questões ligadas a regularização fundiária.


“Estamos abrindo uma conversação oficial entre a diretoria de regularização da Cohapar e a Cohab Curitiba e quem ganha com isso é a população. Historicamente a Cohapar trabalha nos municípios sempre respeitando a atuação das Cohabs. Existem situações em que atividades conjuntas certamente darão agilidade na resolução de processos”, afirma o diretor de Regularização Fundiária da Cohapar Luis Raimundo Corti.
 
De acordo com o presidente da Cohab José Lupion Neto, a parceria é importante para desatar alguns nós que acabam atrasando o andamento de projetos. “Ter um canal aberto com a Cohapar será um facilitador para vencer entraves burocráticos, além de podermos contar com o apoio de sua equipe técnica”, destaca.
 
Vila Leão
A doação de uma área da Cohapar para o município no Novo Mundo pode resolver uma antiga reivindicação da comunidade local da Vila Leão: a pavimentação da rua Visconde do Serro Frio. “Nós precisamos transferir algumas famílias que estão ocupando a diretriz de arruamento para em seguida pavimentar a via. A doação da área pode acelerar a execução desta que é uma demanda importante para a população”, ressalta o diretor técnico da Cohab Mauro Kugler.
 
O diretor de Regularização Fundiária da Cohapar reforçou a possibilidade. “Vamos verificar pontos técnicos e jurídicos, em relação ao pleito de doação ou troca de terrenos entre Cohapar e Cohab", disse Corti.
 
A Vila Leão faz parte do que a Cohab chama de Bolsão Formosa, junto com as vilas São José, Canaã, Uberlândia e Formosa. A parceria com a Cohapar vai agilizar a regularização das ocupações onde vivem ao todo mais de 1,2 mil famílias.
 
Esperança
Outra pauta da reunião foi a busca de soluções para a regularização da Vila Esperança, uma ocupação no Campo Comprido onde vivem 240 famílias. Parte da área ocupada pertence ao Governo do Estado. “Neste caso podemos fazer a ponte entre Estado e Município para avançarmos na regularização”, salienta o diretor da Cohapar.
 
Também participaram da reunião a assessora da Cohapar Karla Weber, a assessora de Regularização Fundiária da Cohab Melissa Cunha Kesikowsk e a gerente do Departamento de Arquitetura da Cohab Roberta Gehr.
 
« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera