Publicado em 11/26/2019 12:06:44 PM

Greca entrega moradias no Prado Velho

Sobrados foram destinados a famílias que viviam nas margens do rio Belém.

Viver em beira de rio sob risco de enchentes deixou de ser uma realidade para mais 20 famílias curitibanas nesta terça-feira (26/11). Os moradores receberam do prefeito Rafael Greca as chaves de seus novos sobrados do empreendimento Moradias Vila Prado, localizado na rua Guabirotuba, no Prado Velho. 

“A terra prometida chegou. E estas famílias deixam de ser posseiras para serem de fato proprietárias de um imóvel na cidade. Passarão o Natal na casa nova e poderão deixar a propriedade para os filhos e netos” destaca o prefeito.
 
O conjunto conta com um total de 90 moradias, das quais 34 já estão habitadas. Com a liberação das 20 unidades, restam 36 para finalizar a entrega do empreendimento, o que deve acontecer até o final de dezembro.
 
A obra representa investimentos de R$ 4,7 milhões, recursos do governo federal e contrapartida da Prefeitura. Os 90 sobrados estão sendo destinados a moradores que viviam nas margens do Rio Belém, na Vila Torres. Além do problema dos alagamentos, havia um adensamento excessivo no local, com os barracos praticamente empilhados uns nos outros.
 
Este conjunto já deveria ter sido entregue aos moradores, mas a obra foi abandonada pela gestão anterior. Por determinação do prefeito Rafael Greca e esforço da equipe da Cohab, a construção foi retomada.
 
“Ver esta obra parada amargurava meu coração, pois é um desperdício de dinheiro público. Vencemos as dificuldades e estamos recuperando nossa cidade”, afirma Greca.
 
Adensamento
Para realizar a obra foi necessário retirar parte das famílias que moravam de forma adensada. Os barracos onde viviam de maneira precária foram demolidos para liberar o canteiro de obras.
 
Desde a demolição até a data da entrega, os moradores receberam auxílio-moradia da Cohab. O benefício foi pago até que os sobrados estivessem prontos, em condições perfeitas de habitabilidade.
 
Participaram do evento de entrega da moradias o vice-prefeito Eduardo Pimentel, o presidente da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) José Lupion Neto, o administrador regional da Matriz José Dirceu de Matos  e o presidente da Associação de Moradores da Vila Torres, o líder comunitário Tanaka.
 
Longe de perigo
A dona de casa Margarete Veloso, 35 anos, é habitante da Vila Torres desde que nasceu. Atualmente estava vivendo em uma casa de madeira praticamente colada ao rio. “Estava muito perigoso de desabar, porque é uma casa muito antiga, de pouca estrutura. Quando venta muito forte o medo é grande”, conta.
 
Ela recebeu as chaves de um sobrado de dois quartos, localizado na rua Guabirotuba. “É um alívio, estamos felizes em melhorar de vida e poder continuar no bairro que eu sempre vivi, mas agora em uma casa boa”, destaca.
 
Outra que foi contemplada com um sobrado novo é Sônia Aparecida dos Santos, 61 anos. Trabalhadora da reciclagem, ela vive há 18 anos em uma casa precária construída com restos de madeira. “É complicado, pois quando chove alaga tudo, entra água dentro de casa. Graças a Deus este pesadelo chegou ao fim”, comemora.
 
Na próxima quinta-feira (28/11), o prefeito Rafael Greca vai entregar mais 15 unidades habitacionais, desta vez no Tatuquara. O Moradia Creta será destinado para famílias que foram transferidas para possibilitar a construção das alças de acesso ao viaduto Pompéia, também no Tatuquara. 
« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-413233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera