Publicado em 2/3/2021 10:00:57 AM

Representantes comunitários no Fundo de Habitação são definidos em eleição

As 18 entidades que foram habilitadas para participar da votação tiveram que comprovar atuação na área habitacional há mais de um ano.

Duas entidades foram eleitas para representar os movimentos populares no Conselho Gestor do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS). A escolha aconteceu em sessão pública na sede da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), nesta terça-feira (2/2). 

 
Foram escolhidas a Associação de Moradores e Amigos do Jardim Santos Andrade, representada por Rosenilda de Paula e a Associação de Moradores e Amigos da Vila Jerusalém (AMAJ), representada por Regina Marcia Lima. 
 
As 18 entidades que foram habilitadas para participar da votação tiveram que comprovar atuação na área habitacional há mais de um ano. O mandato dos conselheiros será de dois anos, com a posse marcada para a primeira reunião ordinária do Conselho Gestor do FMHIS, marcada para o dia 10 de março.
 
Conselho
O Conselho Gestor do FMHIS tem caráter deliberativo e é formado por representantes do executivo e legislativo municipais e da sociedade civil organizada. Entre outras atribuições, os seus membros definem a destinação de recursos do Fundo, acompanham e avaliam a execução de programas habitacionais. A sua principal receita é o mecanismo do solo criado – que prevê pagamento pelas empresas de construção civil para aumento do potencial construtivo dos empreendimentos.
 
A presidência do conselho gestor é exercida pelo secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues. Fazem parte do conselho a Cohab, o Ippuc, Secretaria Municipal de Finanças, Câmara Municipal, setor produtivo da construção civil e movimentos populares.
 
« voltar
 

Rua Barão do Rio Branco, 45 - Centro - Curitiba - PR | CEP: 80010-180 | Fone: 0800-041-3233 - (41) 3221-8100

Desenvolvido por GPA'prospera